Você está visualizando atualmente Bola Cheia e Bola Murcha

Bola Cheia e Bola Murcha

BOLA CHEIA
 
?? 9 gols não apaga: o 4 de Julho, equipe do Piauí que disputa a Série D, deu muitos “frios na barriga” nos torcedores do São Paulo. Seus jogadores, que não conseguem dedicar 100% no futebol, tendo outros trabalhos, demonstraram garra e determinação. Mesmo com o placar elástico no segundo jogo, nada apaga a história desses guerreiros.
 
?? Suor com segurança: as academias e escolas esportivas poderão retornar suas atividades após o lockdown em Franca. Dar a oportunidade em melhorar a qualidade de vida das pessoas através da prática esportiva deve ser considerado, assim como deve ser considerado a rigidez no cumprimento dos protocolos.
 
?? Alunos conscientes: a maioria dos alunos das academias e escolas esportivas estão preocupados com a situação financeira das mesmas. Muitos procuram manter a adimplência ou procuram ajudar de outras formas para manter os empregos dos professores. É a união que o esporte tanto prega.
 
BOLA MURCHA
 
?? Gol contra os princípios: os áudios divulgados em que mostram assédio do presidente da CBF, Rogério Caboclo, com uma funcionária é de uma baixaria incrível. Respeito é bom e o exemplo tem que vir principalmente do líder. Vergonhoso e revoltante.
 
?? Afogue as mágoas agora: atual bicampeão olímpico do triatlo, o britânico Alistar Brownlee está fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O atleta perdeu a chance de ir ao Japão ao ser desclassificado da última etapa por (pasmem) tentar afogar um adversário.
 
?? Raposa escaldada: o bicampeão da Libertadores, Cruzeiro, vem sofrendo demais. Desastre na administração, sem dinheiro, último colocado na Série B, eliminado na Copa do Brasil para o Juazeirense, técnico demitido. Além disso perdeu a maior promessa do futebol brasileiro, o Estêvão, francano que tem apelido de Messinho. Que fase.

acesse: https://rgnoticias.com.br/

Subscribe
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários