Você está visualizando atualmente LAVANDERIA AMÉRICA

LAVANDERIA AMÉRICA

“O ‘Eu te amo’ se prova nas atitudes, não nas palavras”; e o que mais faltou aos jogadores da Seleção Brasileira nessa “mini série”, um tanto cômica, sobre a realização da Copa América no Brasil foi atitude. Primeiro, se estão tão preocupados assim com a pandemia no país que eles nasceram (porque a maioria vive no primeiro mundo europeu), cadê a solidariedade? Não me lembro de um jogador desse nível fazer uma doação para aliviar o povo: respiradores, oxigênio, cestas básicas, etc. Obvio que muitos já possuem instituições e fazem o bem, mas, especificamente nessa pandemia, não vi um deles se colocarem à disposição para ajudar financeiramente, uma vez que todos são milionários. Espero que eu esteja enganado. 

Segundo, ficar “bravinhos” porque o presidente da CBF não consultou eles sobre a realização? Peraí, cada “macaco no seu galho”, decidir sobre isso é único e exclusivo responsabilidade da direção em conjunto com as autoridades. Jogador tem que jogar bem e corresponder dentro de campo, não tem que ajudar a decidir assuntos externos às quatro linhas. Aliás, teriam que perguntar para quem? A lista de convocados para a Copa América não tinha sido divulgada, ou seja, até então qualquer jogador brasileiro poderia ir oficialmente. E, se assim fosse, demonstraram total imaturidade com tudo que falaram e com o manifesto publicado. Se é para “chutar o balde” faz direito, ficar só ameaçando e rangendo os dentes prova o quanto essa geração de jogadores, salvo algumas exceções, vive numa bolha com muito dinheiro e com sua rede social. Esse interesse em influenciar assuntos administrativos do futebol deveria se estender em influenciar assuntos sociais e de cidadania nos quatro cantos do país. Para isso eles tem força, mas não usam. 

Foi nítido que os jogadores seguiram a onda do Tite, que, convenhamos, quer lacrar politicamente falando “entre linhas”. Não resolve, ou fala com firmeza ou convicção, ou fica calado. Se tem medo de perder o cargo, cuida só do seu trabalho. Ciente que muitas vezes, por se tratar de um cargo de relevância nacional, tem que aprender a lidar com protocolos que o coloca frente a frente com prefeitos, governadores e presidente. Faz parte do processo, é igual você trabalhar em uma grande empresa e, algumas vezes, ter que ver alguma pessoa que você não gosta. Não precisa “puxar saco” nem ser de acordo com o político, mas ter respeito ao protocolo, isso se chama educação profissional.

 Aos jornalistas que deram “chilique”, deram tapinha na cara, sinceramente, não tem credibilidade. Gostaria de ver se a transmissão fosse na emissora deles. Estão indignados com a vinda de 10 seleções em um país deste tamanho mas esquecem que, daqui uns dias, eles mesmos ou seus colegas de profissão estarão atravessando o mundo para cobrir as Olimpíadas no Japão em plena pandemia. Tem um comentarista ex-jogador do Corinthians que reclama até hoje do futebol ter voltado, mas ele mesmo não deixou de trabalhar um só dia. Quer lacrar? Pede licença sem remuneração e fique em casa. E ainda critica os jogadores de terem aceitado jogar. Hipocrisia do tamanho de uma casa grande. 

Manter o calendário tradicional de competições é preciso, garante muitos empregos direta ou indiretamente. Mas a Copa América não faz parte do calendário tradicional, ninguém perde dinheiro se não tiver a Copa América, apenas deixariam de ganhar mais. Ela poderia ser cancelada ou adiada, não por causa de transmissão do vírus, até porque o futebol, se for seguido todos os protocolos com rigidez, é seguro. Mas ser adiada por não ser o momento oportuno, uma vez que dois países já haviam desistido em ser sede. Aceitar também foi um desprestigio para com a Colômbia e Argentina. Mas será aqui, e temos que torcer para dar certo. Na verdade, essa copa virou uma lavanderia, e as roupas saíram todas sujas.

 Fabiano Cardoso Pradela 

 “Quando foi que o jornalismo esportivo se transformou numa grande lacração política? Saudade de quando a imprensa esportiva achava que só entendia de futebol”Carlos Cereto, jornalista da SporTv.

acesse: https://rgnoticias.com.br/

Subscribe
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários